Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

.posts recentes

. Varicela!

. O ritmo continua acelerad...

. Antes que o Ano acabe...

. 1 Mês de creche, os desaf...

. Olá! Então essas férias?

. Terapias, trabalhos, cans...

. Nova busca nova esperança

. Diagnóstico quase confirm...

. Longe de nós...

. Parar, pensar e saborear....

.arquivos

. Março 2018

. Dezembro 2017

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

Sábado, 3 de Março de 2018

O ritmo continua acelerado

A sério, sou só eu que ando a mil? Eu não tenho tempo para nada minha nossa!

Desde que começou o ano que as doenças nesta casa andam a pairar sobre as nossas cabeças. Agora está outra vez o mais pequeno doente, e nem vos passa com quê! Este miúdo apanha de tudo, bolas. Imaginem só: febre aftosa... já ouviram falar? É simplesmente horrível...esta coisa tranformou a boca do meu menino num mar de aftas e gengivas inflamadas é sangue e dor por todo o lado... Assim como devem imaginar ele não come nem bebe nada de nada, um desespero... Ficou já esta semana inteira em casa e a solução ainda não está à vista. É difícil de tratar e é de partir o coração.  Principalmente quando pede comida a chorar e depois berra porque não consegue comê-la... Entretanto uma novidade ele já usa óculos! E problemas à parte fica tao giro! Mas esta foi mais uma questão que me abalou. Como é que eu não percebi que ele tem 2 num olho e 4 no outro de hipermetropia?! O miúdo vê mesmo mal... como é que eu enquanto mãe que lifdo com ele diariamente nunca me tinha apercebi do e nunca o tinha levado ao oftalmologista? Não há desculpa... Como sabem ele foi a um rastreio no centro de saúde, (para variar uma boa iniciativa) mas como não pode ser tudo rosas eu já adivinhava que iriam demorar eternidades a chamá-lo para consulta, portanto e como fiquei logo com a pulga atrás da orelha e bastante preocupada fui a um privado. O diagonóstico foi claro e os óculos já aqui estão... Por um lado quero acreditar que agora a ver melhor todo um mundo se pode abrir para ele por outro esta doença das aftas deitou-me abaixo... porque, as poucas "palavras" que dizia, e sons, deixou de dizer. Agora entra mudo e sai calado. É que é do mais sossegadinho que existe e tão fofinho que só apetece guardá-lo junto ao peito para sempre mas... preciso muito que ele acorde!

De lá para cá já fomos a mais uma consulta com a Prof Júlia Guimarães... e esta correu melhor que bem. Ela achou-o substancialmente melhor, e disse que não era normal uma evolução tão rápida como a que está a acontecer com ele, disse inclusive que até gostava de ter vídeos do antes e do durante dele nas terapias como instrumento de trabalho. Eu saí de lá radiante ainda mais confiante que ele vai falar, que ele vai ficar "normal"... mas, depois há alturas como esta em que os esforços nao se notam, em que parece que há regressões e a chuva lá fora não ajuda à esperança. Tornando sempre o cenário mais pesado... Mas aqui continuarei eu com mais ou menos esperança dependendo dos dias, mas sempre com a certeza que ele vai ficar bem. Eu sinto isso...

Portanto da saúde do mais novo já vos pus a par.

Os outros. Ela teve um periodo terrível de vomitar na escola de propósito por não querer comer lá, emagreceu um bocado e eu andei muito preocupada porque a pequena é muito miudinha, magrinha e baixinha e não se pode dar ao luxo de emagrecer, resolvi a questão (coincidência ou não) quando introduzi umas vitaminas... não sei se foi por isso ou não mas agora come que nem uma leoa, pelo menos cá em casa! O laxante não dou há uma semana e ela tem-se aguentado, estou a crer que tem a ver com as vitaminas também.

Ela está muito querida. Pega-se bastante com o mais velho. mas tirando isso ela é muito fofa, gosta de mimar e eu adoro que me mimem. Nesse aspecto os gémeos são os dois muito carinhosos, gostam de abraços, beijos e festinhas. E eu adoro. Sempre disse que queria ter uma menina e de facto enche a casa com as doidices dela. Tipo querer andar de óculos de sol à chuva e não os tirar até à sala da escola nestes dias de chuva total e todos olharem para ela. Adora dançar, cantar. É de chorar a rir a miúda, muito vaidosa. Só quer coisas para colocar na cabeça, para vestir, calçar, é mesmo menina, uma risota. Neste momento está com uma paixão assolapada por mim e eu ando toda babada.

O mais velho, ah esse quebra cabeças... Também esteve doente em casa esta semana com uma gastro... e emagreceu também.  Está um lingrinhas, só lhe disfarçam as bochechas. Ele anda mais calmo, à excepção da relação amor/ódio com a irmã. Eles são muito parecidos e a faísca é ao segundo. Ao segundo disputam quem come primeiro, quem agarrou primeiro no brinquedo, quem teve a ideia, quem falou primeiro... um desespero... ele empurra-a, ela bate lhe... ui há alturas em que só apetece bater lhes , e o irmão sempre de lado na sua, nem se chateia. Eles também não se metem com ele porque ele não dá troco e se der acerta-lhes o passo. Vai ser o mais forte dos 3 o  mais pequeno, tem outro porte e é nervoso quanto baste para os colocar na linha.

Tirando estas doenças todas... (ainda agora preparo-me mentalmente para acordar o pequenino e lhe dar um remédio que ele odeia... e tenho de o fazer à força! Imaginem a violência psicológica da coisa. Tirar do quentinho para lhe espetar com um remédio pela garganta abaixo à força... isto dá cabo de mim.)

o que vos queria dizer é que ando num ritmo louco, e que procuro abrandar o ritmo mas não consigo... de facto 3 seres minúsculos dão muito que fazer e para ajudar à festa o meu trabalho continua a não dar tréguas. Imaginem só que estou para ir passar uma noite que seja fora com o maridão, desde o ano passado, e simplesmente não acontece. Há sempre qualquer coisa... Iamos este fim de semana e pluft doenças, mas pronto por um lado  até não calhou mal tendo em conta a saraivada que cai no no parapeito... não tinha sido uma boa altura ...

Mas eu só quero uma boa massagem, uns jactos nas costas, um bom jantar e namorar. Não peço mais nada! Já não me sinto eu há tanto tempo. Estou cansadíssima, esgotada mesmo. Não perco um segundo ao espelho, até porque nem gosto dá, não faço exercício, alimento-me mal e ando sempre a correr... E dormir ? Nem sei o que isso é...

Buhhh, espero que no próximo post já tenha umas novidades boas e relaxantes para vos contar :-) 

Beijinhos chegou a hora da enfemeira entrar ao serviço :-)


publicado por Embuscadamaternidade às 01:01

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Visitas

free counter

.Estatísticas


Estatisticas Gratis

.Agora

blogs SAPO

.subscrever feeds