Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

embuscadamaternidade

Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

embuscadamaternidade

13
Out14

2 Anos de muita aprendizagem, cansaço e Amor desmedido


Embuscadamaternidade

O meu bebé cada vez menos é bebé, fez ontem dois anos, e está um crescido.

O tempo passou a correr por um lado e por outro eu vivi todos os minutos quase ao segundo ao lado dele. Foram intensos, cheios de desgaste, preocupação mas sobretudo de um enorme Amor. Tão grande que realmente não faz sentido nenhum quem o tem para dar não poder. Não faz sentido nenhum as mulheres que procuram o seu filho sem ainda saberem o que realmente isso é não poderem vivê-lo. Nós nascemos para sentir esta dor boa! Sim eu considero-a uma dor... é um aperto constante que sinto no coração...

Por vezes apetece-me chorar a olhá-lo... Ainda há pouco adormeci-o ao colo a cantar a música da estrelinha, ele estava a precisar... (já percebi que esta noite vai ser má, pois ele roda e roda na cama) e olhei-o tão sereno, vi-o tão lindo, ingénuo e indefeso e pensei que tudo é finito e quanto tenho medo de o perder, de o deixar, ou de que ele me deixe até. É uma dor imensa... Nunca mais serei a mesma despreocupada feliz e alegre. Agora colecciono rugas na testa, cabelos brancos e falta deles, pernas cansadas, pensamentos preocupados e palavras rabugentas em dois anos tudo mudou. A vida ficou bem mais difícil mas na verdade só agora se realiza.

Amo-o acima de tudo e de todos, não quero que cresça nunca mais pois cada dia que passa é menos um que passo com ele. É um discurso fatalista mas faz sentido para mim. Repetia tudo de novo, pois não há nada como isto, nada que se lhe compare. Sou Mãe, sou uma mulher realizada, sou uma pessoa imensamente Feliz. Tão feliz que até receio ter outro filho e não conseguir amar assim... Como vou suportar esta dor a dobrar? Não faço a mais pequena ideia, mas a natureza faz e estou disposta a descobri-la.

Faltam apenas umas semanas para a nova tentativa, tenho muita vontade de ir burcar mais duas estrelinhas, e espero que seja desta, vou tentar ao máximo conseguir. Ando ansiosa e stressada por pensar que vou ter de deixar de pegar no meu filhote, que não vou poder fazer as nossas brincadeiras, que vou ter de o afastar porque ele é muito bruto... e que vou perder tempo da minha vida sem ele :( isso magoa-me e sei que ele vai sentir... é tão pequenino... vai-se afastar de mim e ficar mais ligado ao Pai, é a realidade e vai-me custar mas espero que depois entenda e que eu esteja a fazer também o que considero ser melhor para ele... Os irmãos são pilares e podem ser grandes amigos! Que valha a pena o sacrifício!

A festa ontem foi muito animada, ele não reage bem a muitas atenções e crianças, não está nada habituado e também penso que não faz parte do feitio dele, mas depois lá se enturmou e brincou brincou, dá gosto vê-los assim tão felizes.

Um beijinho tenho de ir agora!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitas

free counter

Estatísticas


Estatisticas Gratis

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Agora