Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

embuscadamaternidade

Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

embuscadamaternidade

07
Jul16

12 <3


Embuscadamaternidade

E eis que chegamos ao primeiro aninho de vida.  Adoro esta celebração porque é um marco. Atingem uma idade a sério. Deixam de ser bebés de colo, maminha ou biberão. Agora são bebés crescidos e mais divertidos!   O primeiro ano é maravilhoso, um mundo de descoberta tanto da nossa parte como da deles. É tudo novo, tudo. A vida, a casa, o quarto, a cama, o banho, os leites, as papas, as sopas, comida, roupa, cremes, brinquedos, o sentar, rolar, levantar... o primeiro de tudo sorriso, birra, olhar apaixonado, pesadelo, passeio, festinha, gargalhada... são tantas as coisas que acontecem pela primeira vez que é um ano absolutamente irrepetível.  E quando chegamos ao grande dia achamo nos especiais. Eles porque estão grandes e de se comer  e nós porque fomos capazes! Sentimos orgulho no nosso trabalho, na superação do nosso desafio... e o Amor... esse não tem volta, é desmedido! Enche-nos o coração, a alma, a vida.

Ontem festejamos com dois smash the cakes e a confusão foi imensa, o cansaço total, mas o resultado fantástico. A sessão dela ficou um máximo, ela adorou mexer no bolo e sujou-se por completo. Atingiu o objectivo, ficou linda toda besuntada. Foi delicioso olhar para ela ali a brincar... em contrapartida o irmão ficou aquem das expectativas.  Ele gosta menos de confusão, de surpresa e ainda para dificultar penso que estava com fome e sono... Para ele foi um um bocado frete e ainda chorou no final coitadito, metemo-los em cada uma... Ainda assim também deu fotografias giras com os pés dentro do bolo...

Conclusão dos três, que o primeiro também fez o que melhor se portou foi o mais velho. A sessão dele foi demais, ou não tivesse ele mergulhado a cara dentro do bolo e ficado de todas as cores. Essa sessão foi divertidissima, emocionante e venceu as outras duas.

Ontem um dia muito preenchido para mim, até emocionalmente. Senti-os tão parte de mim, que nem vos sei explicar. Senti que tinha cumprido o dever, que estão crescidos, fortes. Que se acabou aquela imensa fragilidade dos cuidados com isto e aquilo. Sinto-os a desenvolver bem e amo-os imenso.

Quanto ao irmão ontem senti-o um pouco com ciúmes, fez umas asneirolas diferentes, parecia que nos estava a lembrar que também gostamos dele... totó.

E pronto agora vamos lá embarcar de novo na corrida, pois o tempo não pará, e o relógio avança mesmo que o queiramos congelar...

Apesar de todas as dificuldades que sentimos e temos sacrifícios e privações que me irritam no dia a dia e me levam a protestar tipo velhota rezingona considero-me uma pessoa super feliz e uma Mãe abençoada.  Nunca nos esqueçamos do passado e paremos para olhar e observar bem tudo aquilo que conquistámos dando o devido valor. Nós não precisamos de muito, apenas de ter a certeza que lhes damos o nosso melhor.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitas

free counter

Estatísticas


Estatisticas Gratis

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Agora