Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

.posts recentes

. Olá! Então essas férias?

. Terapias, trabalhos, cans...

. Nova busca nova esperança

. Diagnóstico quase confirm...

. Longe de nós...

. Parar, pensar e saborear....

. Novidades nossas!

. A vida corre e não olha p...

. Nó na garganta, coração a...

. Os primeiros passos da fi...

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

Sexta-feira, 9 de Junho de 2017

Terapias, trabalhos, cansaço mas muito Amor

Andamos numa ázafama. Quase não tenho tempo para respirar, para relaxar, para conversar sequer com o meu marido sem ser por chat. Andamos a mil e um desde que comecei com consultas e terapias do mais novo. Ha cerca de duas semanas ele entrou na clínica Elos e frequenta a terapia da fala, a terapia ocupacional e psicologia. Desde então posso dizer que aliado à não televisão (reduzimos a cerca de 10% ao dia, uma medida drástica tal como a ordem que nos foi dada) o miúdo começou a olhar muito mais para nós. Se é uma criança como as outras? claro que não, mas já me olha, já procura saber, já nos procura, já se mexe, levanta o rabo, aguça a curiosidade e não chora ou reclama com o desligar da tv a sua obsessão. Esta é a grande novidade que me conforta o coração. Vê-lo a olhar finalmente para as pessoas (nem sempre mas a todas, coisa que nunca acontecia) foi já uma enorme vitória para nós. Sabemos que um passo minúsculo em direcção a um objectivo maior mas um sinal positivo. Também concluimos que a comrpeensão dele é boa e que aprende rápido. Portanto fiquei mais tranquila. por outro lado a nível de mobilidade tem dificuldades, não sabe utilizar o seu corpo devidamente, nem com a intensidade certa, daí a não conseguir andar sem precisar de apoio... e a fala que nunca me preocupou agora ja me inquieta bastante. Ele já diz mamã e é intencional, há uns tempos ficava na dúvida se era um simples amuleto que servia para tudo ou se se referia a mim, agora sabemo lo que é a mim,mas e como sempre tem de haver um mas ninguem me garante que ele venhaa falar. Aqui fiquei chocada porque nunca pus hipótese contrária, aliás nem sabia ser possível, só nos mudos claro. Fiquei e estou receosa. Embora confiante de que ele vai conseguir! A verdade é que ele tem enormes atrasos a todos os níveis é comos e fosse um bebé não digo de colo mas quase, portanto também é muito cedo para se falar em fala.  No meio desta trapalhada toda é giro perceber o que cada terapia faz e um dia venho falar vos mais pormenorizadamente sobre isso, porque também eu desconhecia...

Outra novidade é que os gémeos vão entrar na creche! Ligaram-me ontem de lá... É uma óptima notícia que também lhes vai fazer muito bem, aliás a todos nós, mas claro que já começo a sofrer por antecipação só de pensar em deixá-los principalmente estando um deles a atravessar este desafio tão grande. Tenho muito medo que seja posto de parte, fique esquecido ou seja gozado. Ele tem estado também mais instável porque a terapia puxa por ele e nós em casa agora também, fica um pouco enervado às vezes e até chora. para adormecer também não tem sido fácil e receio de como irá ser lá, sem mim, sem as rotinas, sem a minha protecção... 

Quanto ao mais velho não sei se isto anda a mexer com ele mas anda mais traquinas de novo. Ninguém o segura! Agora o pai decidiu quase rapar-lhe o cabelo e parece um autêntico rufia. Antes o cabelo enganava, agora está tal e qual ele é. Adoro-o mas dá-me tanto que fazer!!!

A pequenita continua a sofrer da barriguita, anda sempre meia presa, e lá carrego eu no laxante (de acordo com indicação médica) mas vou ter mesmo que arranjar tempo para a levar a uma gastro. Vai ter que ser!

Agora vou indo que o meu dia de trabalho amanhã é de loucos e eu hoje também não parei e nem sei como estou aqui a escrever-vos.

Torçam para que o meu filhote recupere, obrigada por estarem comigo desse lado! Por cá as provas de fogo vão continuando mas a vida é mesmo assim e temos de ser optimistas porque tudo se há-de resolver. Só não tenho esperanças mesmo é de ganhar o euromilhões mas a verdade é que também não jogo.

Beijinhos!!


publicado por Embuscadamaternidade às 00:47

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Visitas

free counter

.Estatísticas


Estatisticas Gratis

.Agora

blogs SAPO

.subscrever feeds