Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

.posts recentes

. 1 Mês de creche, os desaf...

. Olá! Então essas férias?

. Terapias, trabalhos, cans...

. Nova busca nova esperança

. Diagnóstico quase confirm...

. Longe de nós...

. Parar, pensar e saborear....

. Novidades nossas!

. A vida corre e não olha p...

. Nó na garganta, coração a...

.arquivos

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

Quarta-feira, 25 de Novembro de 2015

Devagar, devagarinho se vai a bom caminho...

Olá a todos!

Hoje estou mais feliz e descontraída que da última vez que por cá passei. Os dias foram uma tormenta a seguir à última visita. Os meus filhos ficaram os três doentes!! Um terror! O mais velho passou aos pequenitos. Conclusão durante 15 dias foram dezenas de visitas às urgências e farmácias. Noites sem dormir, aflições tremendas, especialmente com o pequenino, pois ele fez uma bronquiolite e laringite e esteve bem mal, foi todos os dias durante uma semana inteirinha ser aspirado nariz e boca e o que ele sofreu, e o que eu sofri só de o ver a contorcer-se todo com 4 mesesinhos. A mana também teve início de bronquiolite, nela os sintomas foram mais febris, nele muita tosse e obstrução total mas febre não, e como foi apanhada logo no início conseguimos controlá-la. A nossa casa virou hospital. Todos com nebulizações, antibiótiocos, corticóides, mais isto e mais aquilo. Num sábado fui três vezes às urgências, de manhã com um, à tarde com outro e de madrugada com outro, nem dá para acreditar! Que grande trapalhada e stress. O mais velho ficou em casa fechado 10 dias, e os outros quase mais 10 dias também. Foi muito duro, bastante cansativo e preocupante mas felizmente tudo passou! E hoje os meus meninos estão os três óptimos!

O AM voltou para a escola e mudou radicalmente! Tão melhor que está, nem compreendo tal coisa. Mais acessível, simpático, obediente... faz umas asneirolas, grita e tal mas nada a ver. Já não tem atirado coisas, tem estado bem mais calmo e feliz. Nota-se que finalmente vai contente para a escola, que brinca mais, sei lá... os dias em que ficou fechado levaram-nos a todos à loucura incluindo a ele, e penso que talvez essa prisão, medicação, ralhetes constantes, mal estar tenha servido para ele perceber que está melhor se se portar bem não sei, o que é certo é que está BEM melhor! Nada a ver!

Os pequenos tiveram hoje consulta e estão uns crescidos. O menino com mais de 6300 e ela com mais de 5500, as alturas rondam os 61 cm, ele está meio centimetro à frente embora seja complicado medir. Estão muito bem para gémeos, claro que são mais pequeninos que os outros mas é normal e o que interessa é que continuem na sua linha do percentil 3 (ela) e 3/15 (ele), os problemas respiratórios passaram todos e já começamos a pensar na entrada das sopas.  O mais velho na outra pediatra iniciou as sopas aos 4 meses estes começarão aos 5. Continuam ambos com os dois leites, LM e LA, e continuam a comer benzito. Ela é mais difícil. Em tudo é mais difícil, comer, dormir... gosta de colinho, muuuuito colinho, mimo e brincadeira, mas é um amorzinho e dorme a noite inteira, só aí Touché para ela . Ele é o risonho mor, nunca se viu nada assim ri por tudo e por nada, acorda a sorrir adormece a sorrir é demais, mas a ele habituei-o a adormecer sozinho e come super bem portanto não os comparo.

Nesta altura começamos a pensar nas mudanças que vamos fazer em Dezembro, vamos deixar a casa dos meus pais e passar para um novo canto. Vamos lá ver como corre. Estou ansiosa por ficarmos os 5, muito mesmo até para conseguir ter um pouco mais de privacidade com o meu marido, mas também tenho medo porque de fácil não vai ter nada, mesmo nada.

Beijinhos!


publicado por Embuscadamaternidade às 23:08

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


.Visitas

free counter

.Estatísticas


Estatisticas Gratis

.Agora

blogs SAPO

.subscrever feeds