Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

.posts recentes

. Olá! Então essas férias?

. Terapias, trabalhos, cans...

. Nova busca nova esperança

. Diagnóstico quase confirm...

. Longe de nós...

. Parar, pensar e saborear....

. Novidades nossas!

. A vida corre e não olha p...

. Nó na garganta, coração a...

. Os primeiros passos da fi...

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

Quinta-feira, 12 de Maio de 2016

A vida cada vez mais apetitosa

Têm -me dito que ando com um ar cansado, e é verdade. A saga do dormir pouco por causa do mais velho continua. E isto porque ele continua a querer companhia. Chamamos companhia ao momento de nos deitarmos na cama dele e esperar que adormeça. Já expliquei que dormir tem de ser sozinho, mas a meio da noite lá vem ele ter connosco para a nossa cama. O que acontece é que depois para eu voltar a adormecer e com ele ao lado é um ai Jesus, não consigo, ele é irriquieto, não gosta de dormir tapado, etc e eu detesto luz, movimento, barulho portanto tudo a ver. Por vezes o pai levanta se e vai para a cama dele com ele, outras vezes levanto me eu e vou sozinha para a cama dele. Enfim estamos condenados a isto! Dormiu duas noites sozinho houve festa, mas tal como se diz não festejes antes da hora.

Entretanto tivemos uma pequena reunião sobre o aproveitamento dele no primeiro semestre na sala dos 3 anos, e lá fui eu expectante. Uma reunião? três anos? o que me podem dizer que eu não saiba? E a verdade é que a surpresa foi pouca. Ah e tal ele ainda está abebezado, nada preocupante, mas só quer brincar, não liga quando o chamamos para as tarefas e tal... só quer carros, mas é muito bem educado, se o sentar ao meu lado sozinho ele faz tudo o que lhe peço, come sozinho vai ao wc sozinho e é muito engraçado e querido, muito social. Fala ainda um pouco mal... temos de o fazer repetir as palavras (lá expliquei a operação que atrasou o seu desenvolvimento e tal) e pronto é isto. Portanto devo concluir que é exactamente como em casa à excepção de que aqui se não quiser fazer mesmo não faz  e deita a casa abaixo. Tal como na hora de cortar as unhas dos pés. Sim leram bem, tem um trauma qualquer que não me deixa cortar lhe as unhas. É o momento do meu ginásio (ja que não posso ir a um) luta livre até conseguir cortar umazinha que seja. Falei lhes nisso e lá foi tão calminho, deixou lindamente e diz que a mãe faz força por isso não quer. Ahhhh ainda me deixou ficar mal, faço força?? Pudera deito me toda em cima dele, caem me pingas da testa e quase não consigo segurá-lo, no meio de tanto pontapé. Mal páro vêm os beijinhos e tal como se nada fosse. O meu filho transfirgura se com o corte das unhas dos pés!!! Deve ser bicho raro

Quanto aos pequeninos chegamos aos 10 meses e que riquinhos estão. Na verdade para além de estarem um mimo estão "em atraso". A consulta de rotina veio comprovar o que eu já sabia. A miuda começou ha dias a sentar-se, ainda foi aos 9 meses, mas ele não. Está difcíl. Ainda se aflorou a fisioterapia, pelos vistos aplica se nestes casos, mas eu disse logo que não, que vou insistir mais com ele e não tarda senta-se também. Já o irmão foi aos 9, portanto já percebemos que é algo genético. Para além do sentar estamos também atrás no levantar, ou seja ficar de pé, direitinhos em cima das pernocas, isso ainda é pior. Nenhum está para aí virado, e fazem lembrar bebés de seis meses. Pronto se fossem o primeiro eu estava aqui em pânico, como não são fico tranquila pois seis que mais dia menos dia vão despertar. E já me mentalizei que vão ser uns "atrasadores" como o mais velho. "só vai andar lá pro ano e meio" dizia a médica. "Ó Doutora, já foi assim com o António e hoje ninguém o seguro" Mais rápido que uma bala o puto, enfim... tenho que ter calma e claro puxar por eles também. às vezes é falta de tempo, outras de vontade... mas vai ter que ser reforçar a ginástica! Mas olhem são os dois uns bem dispostos riem riem, brincam... uma delicia de ver e de beijocar. Sou uma apaixonada. Uma sonambula apaixonada.

Uma boa notícia! Vamos passar para os iogurtes normais YEHH menos um gasto considerável! Agora ando à procura daqueles separadores que se colocam na banheira dos adultos, para não termos de a encher na totalidade, a ver se os passo para essa que já começam a ficar crescidinhos, apesar do tamanho pequenito de ambos, ele com 72 e ela com uns fofinhos 69  Mas em loja fisica ainda não encontrei! Outra curiosidade é que comprei ontem um mordedor mas daqueles que têm rede e dão para colocar alimentos, quero ver se dá algum jeito isso, estou curiosa...

E é assim que as coisas vão. Eles os três começam a brincar juntos, é claro que temos de ter milhões de olhos no mais velho pois num instante há asneira mas ele gosta imenso deles, o que me traz um alívio e orgulho imenso.

O texto vai longo vou ficar por aqui, mas foi para copmpensar a minha ausência que foi longa desta vez...

Grande beijinho!!


publicado por Embuscadamaternidade às 17:31

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Visitas

free counter

.Estatísticas


Estatisticas Gratis

.Agora

blogs SAPO

.subscrever feeds