Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

.posts recentes

. 1 Mês de creche, os desaf...

. Olá! Então essas férias?

. Terapias, trabalhos, cans...

. Nova busca nova esperança

. Diagnóstico quase confirm...

. Longe de nós...

. Parar, pensar e saborear....

. Novidades nossas!

. A vida corre e não olha p...

. Nó na garganta, coração a...

.arquivos

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

Dúvidas, receios...

Esta noite que passou não foi fácil... Acordei várias vezes e pensava nas coisas mais inquietantes. Por exemplo, lembro-me perfeitamente que grande parte do meu tempo foi passado a pensar: e se eu tiver gémeos serei capaz de lidar com ambos? Por acaso sempre fui daquelas pessoas que nunca se importou se saíssem dois duma vez, mas agora... confesso que existe algum receio em não saber dar conta do recado, até porque nunca tive nenhum filho... e pior como já devem ter percebido, pelo facto de estar sempre por casa, estou desempregada. Portanto se por um lado, foi bom ter acontecido nesta altura das tentativas e tratamentos por outro a nível financeiro será bastante mais difícil, até porque arranjar emprego de barriga, é praticamente impossível. {#emotions_dlg.confused}

A minha mente vagueava a toda a velocidade e chegou mesmo a pensar na probabilidade de serem mais que dois. {#emotions_dlg.amazed}Estatísticamente, embora super remota, essa possibilidade existe, e preocupa-me. Por isso, só pensava... Será que devia só ter transferido um embrião? E se eles resultam os dois e se multiplicam? Bem, a minha cabeça estava aos papos. Se por um lado rezo para estar grávida, e espero que de dois, já que os coloquei aos dois, por outro morro de medo de ter passado a linha e resultar numa gravidez múltipla. {#emotions_dlg.barf}

Eu sou a favor da vida, sempre, e por isso acho que escolhi bem. Aliás nunca quis ter só um filho. E acho que se estivesse a trabalhar, como sempre foi meu costume, para além de não ter tempo/disponibilidade mental para imaginações também não ficaria tão preocupada. Actualmente a vida está a apertar, todos sentimos isso, e eu quero poder proporcionar ao(s) meu(s) filho(s) aquilo que me proporcionaram a mim! Muito amor, saúde, mas também "qualidade". Será que me faço entender?

E foi isto, ontem os meus pensamentos viajaram muito, hoje já estou de volta à rotina da esperança!! {#emotions_dlg.inlove}Li alguns comentários de raparigas que fizeram o mesmo tratamento que eu, que tiveram positivo, mas que entretanto por mais que uma situação distinta ficaram com a gravidez pelo caminho, por isso agora só torço para conseguir passar mais esta etapa!! Tenho imensa pena de quem não consegue e chego a sentir medo que o mesmo se possa tornar real para mim, mas algo me diz que será desta, e é exactamente nisso que vou acreditar. {#emotions_dlg.ok}

tags:

publicado por Embuscadamaternidade às 18:03

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


.Visitas

free counter

.Estatísticas


Estatisticas Gratis

.Agora

blogs SAPO

.subscrever feeds