Diário de alguém que sonha ser Mãe e tem o difícil papel de tratar a infertilidade por tu.

.posts recentes

. Olá! Então essas férias?

. Terapias, trabalhos, cans...

. Nova busca nova esperança

. Diagnóstico quase confirm...

. Longe de nós...

. Parar, pensar e saborear....

. Novidades nossas!

. A vida corre e não olha p...

. Nó na garganta, coração a...

. Os primeiros passos da fi...

.arquivos

. Agosto 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Que responsabilidade

Já passou um dia desde que descobri o positivo e estou muito contente! Confesso que se trata de uma alegria contida, ainda não festejei nada até porque não consigo... Preciso de chegar à eco do próximo dia 06 de Março, e mesmo assim sabe Deus! Eu descansada mesmo só ficarei aos 3 meses, mas admito que a primeira ecografia vai servir para me tranquilizar mais um pouco.

Não quero parecer ingrata, aliás não podia estar mais feliz e é por isso mesmo que o medo é acentuado. Depois de estar tão perto era preciso ter muita força para aguentar uma reviravolta. Não quero que aconteça nada disso e no que depender de mim não vai acontecer. "Vocês vão continuar aqui!!" {#emotions_dlg.orangeflower}

Hoje ofereceram-me pela primeira vez na vida umas coisinhas de bebé e não adorei como queria, acho muito, muito cedo para tal, até tenho medo que puxe a falta de sorte, claro que sei que é disparatado, mas estas coisas acontecem e não é só aos outros. Não sou pessimista, mas cautelosa... Quanto a mim, eu posso e vou puxar pela imaginação a ver se começo a planear uns trabalhitos artesanais para os meus mais recentes inquilinos {#emotions_dlg.sarcastic}. Quem sabe uma babete, ou uma fralda que não comprometa, a vontade é tantaaaaaaaaaaaa {#emotions_dlg.tongue}

Beijinhos e vou dando notícias!


publicado por Embuscadamaternidade às 22:53

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Visitas

free counter

.Estatísticas


Estatisticas Gratis

.Agora

blogs SAPO

.subscrever feeds